Gaste menos com a economia fatiada

Uma tendência de consumo que só cresce é a economia fatiada, modelo de negócio em que o cliente paga somente pela fração consumida e não pelo pacote. É a solução para economizar em diversas situações e ainda diminuir aquela sensação ruim de estar jogando dinheiro no lixo. Além de bom para o consumidor, é uma excelente oportunidade para manter a rentabilidade das empresas mesmos em tempos de crise. Vem com a gente e saiba como usar a economia fatiada a favor das suas finanças pessoais.

Hotéis

Alguns hotéis já permitem hospedagem por algumas horas pagando por isso tarifas reduzidas. É muito útil para quem precisa esperar por um voo, compromisso ou ainda quer passar apenas uma noite no hotel. O aplicativo Hotel Quando não só mostra os hotéis que oferecem esse benefício mas permite que o usuário faça reservas de 3, 6, 9 ou 12 horas em muitas cidades e grandes redes hoteleiras.

Academia

Quem nunca pagou por um plano semestral de academia e só deu as caras umas poucas vezes? A culpa nesse caso vem em dobro: pelo desperdício de dinheiro e por não ter se exercitado. O app GymPass permite que o usuário pague por diárias avulsas ou contrate planos que dão acesso à academias em diversas cidades. É ideal para quem precisa viajar muito ou ainda trabalha na rua e cada hora está em um bairro.

O valor da diária varia de acordo com a academia escolhida e os planos iniciam em R$ 119,00 com direito a mais de 5 mil academias em 420 cidades.

Serviços de limpeza

Precisa de uma faxina em casa ou no escritório? Está com a roupa para passar atrasada? Na plataforma Blumpa você pode contratar online profissionais por hora e por tipo de limpeza. A contratação pode ser avulsa ou por pacotes e o pagamento por cartão de crédito ou boleto.

Para segurança do usuário que contrata os serviços, os profissionais passam por um processo de seleção e verificação de histórico antes do cadastro.

Por enquanto, o serviço só está disponível em São Paulo capital, região metropolitana e Campinas.

Carro compartilhado

Alguns apps como o Pegcar, Zascar e Parpe são um misto de economia compartilhada e fatiada. Trazem benefícios para quem precisa alugar um carro por algumas horinhas e para aqueles que deixam o veículo ocioso na garagem.

O usuário escolhe o tempo que quer usar, retira e devolve o carro no mesmo lugar.

Roupas

Outro exemplo que mescla os modelos de compartilhamento e economia fatiada são as empresas de empréstimo de roupas. A Blimo e a House of Bubbles são como uma Netflix de roupas, ou seja, por um valor mensal o assinante tem acesso a um arsenal de peças para empréstimo. O papelada já falou sobre isso nesse artigo e mostrou como é possível estar na moda gastando pouco.

E você sabia que o bom e velho restaurante por quilo também usa o modelo de economia fatiada? Pois então, além das dicas e apps que a gente mostrou para você neste artigo, pense onde mais pode usar o conceito da economia fatiada para poupar sua grana e ter uma atitude mais consciente e sustentável em relação aos produtos e serviços que você consome.

O bolso e a natureza agradecem 😉