Cashback: você compra e recebe uma graninha de volta

Se algum site de compras quiser devolver uma parte do valor que você gastou na sua compra, não desconfie. Não é pegadinha e o nome disso é cashback, um sistema muito usado nos Estados Unidos e cada vez mais popular aqui no Brasil. Quer saber como aproveitar as vantagens do cashback? Então segue a leitura e veja as #dicas que o papelada selecionou.

Em inglês o termo significa literalmente “dinheiro de volta” e o sistema funciona assim: o cliente recebe de volta uma porcentagem do valor que gastou em uma compra na forma de bônus ou dinheiro em conta corrente, creditado pela empresa de cashback. Para isso, ele precisa se cadastrar gratuitamente no site ou no app da plataforma que oferece o benefício.

#dica Em tempos de “vacas magras”, esse tipo de reembolso está cativando os consumidores, afinal quem é que não gosta de ter uma graninha a mais, como aquela que aparece num momento de aperto financeiro, no fim do mês ou perto da data de comprar aquele presente para um parente?

Aqui no Brasil, a Meliuz  é a pioneira desse sistema e já conta com mais de 1,5 milhão de usuários que podem acessar mais de 1600 lojas online parceiras como Submarino, Azul Linhas Aéreas, Walmart, Americanas, além de comércios locais que podem ser identificados ativando a geolocalização do celular. Em março de 2017, a Meliuz passou a oferecer o cashback também em estabelecimentos físicos como padarias e postos de gasolina em Belo Horizonte, São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Goiânia e Porto Alegre.

Além da Meliuz, há outras opções como a Cashola, o Mooba e Poup  . Todas com opção de dinheiro de volta e cupons de desconto. O resgate em geral é feito após atingir um limite mínimo, que varia entre R$ 15 a R$ 30, de acordo com cada plataforma.

#dica Para não perder nenhuma oportunidade, cada vez que você se cadastrar em alguma plataforma, instale o plugin sugerido no seu navegador do computador. A maioria delas oferece no ato do cadastro. Assim, cada vez que acessar uma loja online, você vai ser notificado se o e-commerce é parceiro da sua cashback. As chances de acumular valores aumentam consideravelmente.

A lista de empresas que estão aderindo ao cashback é grande e já extrapolou o varejo de produtos. A 99 Táxi, por exemplo, já tem uma parceria com a Méliuz e devolve 5% da primeira viagem e 1% nas demais. A empresária Cristiane Prado fez seu primeiro resgate pouco mais de um mês após se cadastrar na plataforma. “Foi muito simples e sem burocracia. Como uso muito esse tipo de transporte urbano, priorizei o 99 Táxi e após algumas viagens e uma compra de cápsulas de café fiz meu primeiro resgate de R$ 21,00. Parece pouco, mas se somarmos ao longo de um ano, faz a diferença no bolso”, comemora Cristiane.

#dica Para aqueles empreendedores que precisam atrair e fidelizar clientes, a parceria com uma empresa de cashback pode ser uma opção interessante tanto para lojas online como para as físicas, já que as plataformas contam com recurso de geolocalização. Isso ajuda os potenciais clientes na localização do estabelecimento.

Se você ficou curioso sobre como o sistema se torna viável, do ponto de vista de negócio, é simples. As lojas parceiras pagam para fazer parte da lista de parceiros das empresas de cashback, já que a plataforma serve para atrair clientes e direcionar para o site de compras. Parte desse valor é compartilhado com os clientes.

Se você curte acumular descontos, confere também o nosso artigo sobre programas de fidelidade e saiba como aproveitar melhor as vantagens.