Gasolina subiu? Veja 5 dicas para economizar

Gasolina sobe de novo e motoristas devem economizar pelo bem do bolso

O preço médio da gasolina subiu pela 2ª semana seguida e iniciou o mês de abril a R$ 4,217, segundo levantamento da Agência Nacional do Petróleo.

O aumento foi de 0,4% em relação a semana anterior e também atingiu o etanol e o diesel.

Com a alta dos preços, economizar gasolina tem se tornado cada vez mais fundamental para o orçamento de qualquer pessoa que utilize o carro com frequência.

Mas esta tarefa aparentemente simples, pode trazer algumas armadilhas, então que tal conhecer essas 5 dicas para diminuir o consumo de combustível:

1) Manutenção preventiva

A maioria das pessoas já sabe que andar com o carro alinhado e os pneus calibrados economiza gasolina, certo?

Mas será que você sabe que outros itens também devem ser observados para consumir menos ainda?

Trocar as velas e os filtros do veículo conforme recomendação das montadoras é imprescindível para que o funcionamento do seu carro não fique irregular, gastando mais combustível.

Assim, além de calibrar os pneus a cada 15 dias e manter as rodas alinhadas, fique atento para as manutenções conforme manual do proprietário e sempre use peças originais.

2) Direção defensiva

Dirigir defensivamente não é apenas uma questão de educação no trânsito, mas também faz com que seu carro gaste menos gasolina.

Ao ver um semáforo vermelho, por exemplo, você não precisa continuar acelerando, pois precisará injetar mais combustível no motor para retomar a velocidade depois.

Na verdade, qualquer aceleração desnecessária deve ser evitada, assim como o excesso de velocidade, que aumenta cerca de 20% o consumo de combustível.

Não “costurar” no trânsito é outra atitude que faz seu carro gastar menos combustível, além de evitar o estresse e diminuir os riscos de um acidente.

Além disso, evite colocar o carro na banguela em ladeiras. Este velho hábito, além de perigoso, faz com que seu carro também consuma mais.

A injeção eletrônica identifica que não é preciso aceleração nas descidas e corta o combustível automaticamente, você não precisa correr riscos à toa.

3) Questão de física

A aerodinâmica é parte muito importante para o desempenho de um veículo como podemos observar nas corridas de F1.

Mas isso também vale para o nosso dia-a-dia, inclusive em coisas simples como andar com os vidros do carro abertos.

Na estrada, opte sempre por fechar as janelas, uma vez que o vento tende a “segurar” o carro e, com isso, o consumo de gasolina aumenta.

Outra coisa importante é não utilizar o porta-malas como depósito. Um carro mais pesado precisa de maior aceleração para movimentar-se, fazendo o veículo “beber” mais.

Evite também o uso de acessórios que podem aumentar a resistência contra o ar.

Aerofolios, suportes e rodas fora do padrão influenciam diretamente na aerodinâmica e, consequentemente, no maior consumo de gasolina.

4) Ar condicionado

Como a “regra” de andar com os vidros fechados é mais aplicada na estrada, que tal economizar o ar condicionado na cidade?

Claro que você não precisa ficar “assando” no carro, mas em dias com temperaturas mais amenas, vale a pena desligar o ar e abrir a janela.

Em média, o ar condicionado aumenta em 20% o consumo de gasolina, então vale a pena o esforço!

5) Qualidade do combustível

Por fim, a qualidade do combustível é um fator determinante para seu consumo.

Gasolina com querosene ou etanol com água, por exemplo, interferem muito na média de combustível, porque a leitura do sistema de injeção eletrônica é afetada pela composição errada.

Por isso, só abasteça em postos com o selo da ANP e dê preferência a grandes redes.

Além disso, no médio prazo, vale a pena trocar a gasolina comum pela aditivada.

Ao manter o motor mais limpo e sem desgaste, o veículo pode ter um melhora no desempenho, economizando combustível.

O importante é sempre utilizar o carro de maneira consciente, pensando não só na economia de gasolina, como na segurança e no meio-ambiente.

Só assim poderemos usufruir dos benefícios de ter um carro sem pesar no orçamento e na consciência.