Boletos vencidos: prazos alterados. Veja o que mudou!

Já falamos aqui sobre as novas regras de pagamento de boletos vencidos que vão facilitar bastante a vida de todos nós, pois será possível pagar os títulos vencidos em qualquer banco e não apenas no banco emissor da fatura. Mas a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) anunciou mudanças e, claro, estamos atentos! Entenda o que vem por aí.

Quando informou as novas regras para boletos vencidos, a Febraban estimava que boletos com valores inferiores a R$ 2 mil já poderiam ser pagos em qualquer banco após o vencimento desde 9 de outubro de 2017. Infelizmente, não foi o que aconteceu! :-/ O prazo para esta alteração, agora é no início de 2018.

O motivo do adiamento da nova fase, segundo a instituição, é garantir o pleno funcionamento das operações bancárias, levando em conta o enorme volume de documentos bancários emitidos no país. Aliás, você sabe de quantos boletos são emitidos no Brasil por ano? Spoiler: o número é de cair o queixo! São cerca de 4 bilhões de faturas/ano.

Então, como fica?

O lançamento da primeira onda de implementação foi em julho de 2017, quando os bancos passaram a receber o pagamento de boletos vencidos com valores acima de R$ 50 mil. Na segunda fase, em setembro, o valor mínimo foi reduzido para documentos a partir de R$ 2 mil. Este ano, até segunda ordem, nada mais muda!

O porquê dessas mudanças

O benefício mais visível para a população em geral é a comodidade de não precisa ir até o banco emissor para quitar boletos vencidos, podendo fazer isso através dos canais de qualquer instituição bancária. Mas, a mudança é mais profunda. Com a Nova Plataforma de Cobrança, toda fatura deverá apresentar o CPF ou CNPJ do beneficiário e também o número do documento do pagador. Isso minimiza os riscos de fraudes, informações inconsistentes e pagamentos em duplicidade. Para clientes e instituições financeiras. Ou seja, boletos falsos nunca mais!

Mas cuidado, nem tudo são flores!

Temos de concordar que pagar boletos vencidos com juros e multa é uma baita furada. É quase igual rasgar dinheiro, concorda? Se isso for constante, o problema é grave e precisa de solução.

Organizar as finanças pode parecer trabalhoso, mas conforme a vida vai trazendo mais responsabilidades – casa, filhos, pais que precisam de cuidados, pets etc – o número de boletos aumenta e é melhor canalizar energias no trabalho e em formas criativas de ganhar dinheiro em vez de ficar louco na bagunça.

Hoje em dia, graças a nossos inseparáveis smartphones e apps está tudo mais fácil! Com o papelada, por exemplo, é possível receber as faturas, arquivá-las e pagá-las, já que nosso app tem conexão direta com os maiores bancos do país. Com todas as informações concentradas nele, fica fácil controlar as despesas através de gráficos super amigáveis e ainda ser lembrado de todos os vencimentos.
A verdade é que ele faz quase tudo por nós. A gente só precisa mesmo se conscientizar e abraçar a ideia!  Até a “maçãzinha” já tem a gente no coração, pois nos listou entre os “Apps que amamos”, na App Store Let’s 😉