Seguro viagem: como e porque contratar

No Brasil, a cultura do seguro ainda não está ainda muito madura. É por isso que muitos viajantes não consideram contratar um seguro viagem. Mas com um custo bem inferior ao que foi gasto em todas as outras etapas da viagem, como passagem e hotel, você pode ter mais segurança e ainda gerar uma economia gigantesca no caso de algum imprevisto. 

Pouca gente sabe que o seguro viagem é um dos mais baratos (em valores absolutos) e fáceis de contratar. Você faz tudo pela internet e pode fazê-lo algumas horas antes do embarque. (A gente prefere planejar, concorda?).

Quer saber do que você está protegido se adquirir um seguro viagem?

Minha bagagem extraviou

Imagine chegar ao seu destino e não encontrar suas malas na esteira de bagagens, infelizmente essa situação é mais frequente do que imaginamos. Mesmo nas grandes companhias aéreas. Além de toda a dor de cabeça da perda dos pertences, você pode perder horas tendo que lidar com esse tipo de problema. Porém, as seguradoras estão habituadas a lidar com as companhias aéreas e podem agilizar o trâmite para localizar as malas. E se elas sumirem mesmo, você recebe uma indenização, para reembolsar parte dos custos na compra de itens básicos para a vida – uma calça jeans, blusas, escova de dentes, secador e por aí vai…

Perdi meus documentos

Normalmente quando estamos em férias, ficamos mais relaxados. Aliás, essa é a ideia. Mas às vezes basta uma distração e… você não sabe onde está o documento ou perdeu o cartão de crédito. Em muitas dessas situações é imprescindível para seguir com a viagem se dirigir à polícia local, consulado e dar baixa no cartão. Se o documento perdido for o passaporte, o problema é ainda maior!

Para saber exatamente como o que fazer, quem contratou o seguro viagem tem à disposição uma central de atendimento preparada para orientar sobre como proceder nesses casos de acordo com o país. Isso dá agilidade ao processo e você perde menos horas com coisas chatas.

Fiquei doente

Esse é sem dúvida um dos principais motivos para se contratar um seguro viagem. Primeiro porque ficar doente longe de casa já é uma coisa bem ruim. Segundo: arcar com custos com médico, hospital e até mesmo dentista em outro país pode sair uma verdadeira fortuna.

Mas você deve pensar: quem fica doente nas férias? O clima e a comida diferente são os principais fatores que podem desencadear algum mal súbito.

O seguro viagem garante que o viajante receba os cuidados que precisa além de cobrir parte ou até mesmo todas as despesas com saúde.

Fique ligado #1

Para a obrigatoriedade de contratação para certos destinos

Para certos destinos, como os países da Europa que fazem parte do Tratado de Schengenter um seguro viagem é obrigatório e a não contratação pode ser até motivo de deportação.

Mas mesmo para aqueles destinos que não tem essa exigência, o seguro viagem é a garantia de continuidade da suas férias sem dor de cabeça, tá?

Fique ligado #2

Alguns cartões de crédito oferecem o seguro viagem, sabia?

Algumas bandeiras de cartão de crédito oferecem o seguro viagem caso a passagem seja comprada usando o cartão. Em alguns casos, a proteção se estende não só para o titular do cartão, mas para todas as pessoas que tiveram a passagem comprada por ele.

Se informe com a sua prestadora de serviços para saber como ativar esse benefício.

Fique ligado #3

Alguns tipos de viagens necessitam de coberturas bem específicas

Se você vai fazer uma viagem de aventura, com escalada no Nepal ou esqui nos Alpes franceses você certamente vai precisar de um seguro específico, afinal um resgate nesses lugares pode custar de aproximadamente U$ 6 mil no Nepal e € 12.000 na França. Cuidado: um seguro de viagem standard exclui esse tipo de atividade, então, atente-se no momento da contratação e, se a dúvida persistir, consulte a seguradora ou seu corretor.

Esperamos ter convencido você sobre a importância do seguro viagem para a tranquilidade das suas férias. Malas prontas? Have a nice trip! Tenga un buen viaje! Bon voyage! Gute Reise!